O Circuito Usiminas de Cultura vai espalhar música, cinema, teatro e oficinas por vários bairros de Cubatão, de 18 a 24 de novembro. Os detalhes dessa programação especial foram discutidos nesta quinta-feira (10), na Secretaria Municipal de Cultura de Cubatão.

Participaram da conversa Welington Borges, secretário de Cultura de Cubatão; Joaquim Eduardo Teixeira, diretor de Cultura; Fábio Inácio, secretário de Educação; Juliana Clabunde, Políticas Públicas para a Diversidade; e ainda, do Instituto Usiminas: Marcelle Soeiro, analista administrativa/marketing cultural; Mariângela Couto, produtora; Thalita Berti, produtora; e Pedro Melo, também representante do Instituto.

Cubatão será a primeira cidade do Estado de São Paulo a receber as atrações gratuitas que acontecerão no Novo Anilinas e, ainda, em ruas, praças e escolas de diversos locais. Haverá apresentações musicais e de outros segmentos artísticos, oficina de grafite e de fotografia, exibição de filmes, brincadeiras tradicionais e muitas outras atividades, sempre integrando a comunidade, contando, inclusive, com a presença de artistas locais.

Promover a democratização da cultura por meio de ações que incentivem a interatividade, formação socioeducativa e entretenimento é o objetivo do Circuito Usiminas de Cultura – CUC 2013. O projeto movimenta as cidades por onde passa. Desde seu início, em 2010, já foram realizadas 234 apresentações artísticas e 46 oficinas, atingindo 70 mil pessoas. “Este projeto se consolida como uma importante ação do Instituto. Estamos felizes em entrar no circuito, já que a maioria das ações valoriza a Arte, a Cultura e prioriza os cidadãos”, comentou o secretário de Cultura de Cubatão.

O Circuito Usiminas de Cultura é patrocinado pela Usiminas e pela Lei Federal de Incentivo à Cultura, realizado pelo Instituto Cultural Usiminas, POP Produções Artísticas, Ministério da Cultura e Governo Federal, além de contar com o incentivo da Lei Estadual de Incentivo à Cultura e do Governo de Minas.

Instituto Cultural Usiminas – Criado em 1993, tem a missão sistematizar e gerir os investimentos do grupo Usiminas em Cultura, assim como definir e planejar a política cultural e linhas de atuação. Com essa responsabilidade, o Instituto direcionou investimentos para ações que promovem o desenvolvimento sustentável do setor. Em 2008, a gestão dos investimentos do grupo em Esporte também passou a integrar o escopo de trabalho. Em 20 anos, a Usiminas patrocinou mais de 1.800 projetos.